img
Notícia - Quaresma
02/03/2009
A quaresma do Rito Ucraniano
A quaresma tem por princípio dois momentos essenciais de celebrações: Primeiro momento da quarentena o início da Paixão de Cristo. No segundo momento seria findar da quaresma a glorificação no Domingo da Ressurreição.

Dando ênfase para ambos os momentos tão especiais na Igreja Ucraniana Católica, não podemos deixar de lado de não citar outros diversos momentos que acompanham estes dois eventos. 
  
No Rito Ucraniano as celebrações litúrgicas tem por finalidade de preparar os fiéis através da quaresma com jejum, orações e boas obras para grande evento que é a Ressurreição de Cristo. 

Para Apóstolos e primeiros cristãos a Páscoa tinha o significado de “Jejum”, pois lembrava dia triste da morte de Jesus. No inicio a preparação para festa da ressurreição durava um dia. No decorrer dos séculos, passou a ser uma semana. No século IV consta de quarenta dias para que cristãos jejuem e façam penitência. 

No inicio do Cristianismo a comemoração da ressurreição era festejada uma vez por semana no primeiro dias após o sábado, Já no século IV o Imperador Constantino oficializou para todos os domingos. No decorrer dos séculos, esta data comemorativa foi introduzida no calendário da Igreja o grande dia da Ressurreição, o qual é comemorado uma vez por ano até os dias de hoje. Antes desde grande dia da Ressurreição a Igreja instituiu o jejum de 40 dias e abstinência de alguns alimentos. 

Quaresma significa 40 dias. O numero 40 é citado muitas vezes na Bíblia e tem um signi8ficado especial. No Antigo Testamento: 40 dias de Dilúvio, 40 dias de peregrinação do povo judeu no deserto, 40 dias de jejum de Moisés ao receber as tabuas dos mandamentos, 40 dias caminhou o Profeta Elias para o monte Coreb. 

No Novo Testamento no 40º dia Maria e José trouxeram o Menino Jesus ao templo, Jesus Cristo passou 40 dias jejuando no deserto, Cristo permaneceu 40 dias na terra após a sua ressurreição. 

Nos primeiros séculos a Igreja administrava o batismo para os catecúmenos no dia do sábado santo na Vigília Pascal. 

No Rito Ucraniano se dá maior ênfase para o elemento litúrgico como: penitência, confissão dos pecados, orações, recitação de Salmos e prostrações. Repedindo uma breve oração a cada prostração: “Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, que sofreste por nós a paixão, tende piedade de nós”. Esta tradição é preservada nas nossas famílias até os dias de hoje. São três prostrações cedo e três a noite. Em numero de trezentos eram feitas em certas regiões da Ucrânia todos os dias. Aqui no Brasil em certas comunidades uma vez por ano no período de Quaresma. 

No Rito Ucraniano no tempo de quaresma em certas paróquias é celebrada a missa (Naperit osviaczenêh daril). Significa que a Hóstia é consagrada na missa anterior é nesta é distribuída aos fiéis. Após o sacerdote celebra “Parastás”, que é uma celebração pelos mortos e os outros sacerdotes lêem os nomes dos falecidos das famílias inscritos no livreto chamado “Pomianyk”. Os fiéis trazem pão e os alimentos pelos falecidos. Apesar que as almas serem já separadas do corpo, elas comem e bebem, por isso esta tradição está incutida nos fiéis os quais preservam a tradição. A bebida é excluída na celebração pelos fiéis. 

Na época mais remota, o jejum quaresmal, em certas regiões, era bastante severo: comia-se pão com água, alimentos secos e abstinência da carne, etc. 

Já nos tempos hodiernos nas famílias de descendentes de ucranianos no Brasil o jejum tornou-se mais ameno. Abster-se de carne, ovos e leite no primeiro dia da quaresma, isto é, na quarta-feira de cinzas e na sexta-feira Santa. Permanece a abstinência da carne em todas as sextas-feiras de cinzas da quaresma e durante o ano. 

No rito Ucraniano abstinência começa aos 14 anos de idade e termina com 59 anos de idade. Já o jejum também começa aos 14 anos e vai a vida toda.

RITUAIS RELIGIOSOS DURANTE A QUARESMA

Primeiro Domingo da quaresma é chamado de Domingo da Ortodoxia, leva este nome em memória de vitória da Ortodoxia contra o Iconoclasmo. “O domingo da Ortodoxia” traz os significado do culto publico das imagens de Cristo, Maria e dos santos. Nos Ritos Orientais e Ucraniano são cultuados somente os Ícones. 

Terceiro Domingo conclama os fiéis ao culto à cruz de Cristo. Esta cruz é enfeitada com flores e levada pelo celebrante para uma mesinha chamada “Tretrapód”. Os fiéis cantam: “Diante da cruz, Senhor, nos inclinamos e glorificamos a tua Santa Ressurreição” e fazem três prostrações. Em seguida beija a Cruz. 

Em todos os domingos da quaresma é celebrada a missa de São Basílio ao invés de São João Crisóstomo. 

Na quarta-feira do quinto domingo celebra-se as Matinas que são hinos penitenciais de Santo André de Creta e no final de cada hino os fiéis fazem prostração que chegam no total de 114. Antigamente celebrava-se 340 hinos penitenciais e 340 prostrações. Nas prostrações os fiéis cantam: “Glória a Ti, Nosso Deus, Glória a Ti”. 

A Nossa Senhora também é lembrada na quaresma, principalmente no quinto sábado com a celebração de “Akafist”. Esta é uma celebração na qual estão contidos os 24 hinos que narram o projeto de Deus na História da Salvação desde o hino até os tempos hodiernos. Estes 24 hinos são divididos em duas partes. Doze deles são de sentido litúrgico narrativa e os outros doze de sentido dogmáticos. Os seis primeiros de cada parte são de sentido Cristocêntricos e os outros seis Eclesiocêntricos. Nos hinos pares os fiéis cantam “Aleluia” e nos hinos impares com saudações Marianas no total doze canta-se “Salve Esposa Virgem”. 

Sexto sábado da quaresma é dedicado a Lázaro e leva o nome de “Sábado de Lázaro”.

Realizado por: Pe. Eleutério Dmetriv, OSBM


Menu
Contato
Acompanhe
Patrocínio
img
img
img
img

Rua Barão do Rio Branco, 156

Irati/PR - Cep: 84500-000

email: paroquiaucraniana@yahoo.com.br

Fone: (42) 3422-3519

img    

 
 
img
img