INFORMAÇÕES GERAIS

Padroeira: Imaculado Coração de Maria.

Pároco: Pe. Paulo Markiv, OSBM;
Vigários paroquiais: Pe. Luiz Slobojian, OSBM e Pe. Deonísio Mazur, OSBM.

Comunidades de vida consagrada e outras existentes na paróquia:
– Convento das Irmãs Servas de Maria Imaculada em Irati, Governador Ribas, Linha “B” e Itapará. Em Itapará, dirigem uma escola de 1º Grau.
– Escola Elementar de 1º Grau dirigida pelas Irmãs Servas de Maria Imaculada, em Guamirim – Irati.
– Orfanato “São Valdomiro”, dirigido pelas Irmãs Servas de Maria Imaculada, em Engenheiro Gutierrez – Irati.
– Posto de Saúde dirigido pelas Irmãs Servas de Maria Imaculada, em Itapará – Irati.
– Gruta de Nossa Senhora de Lourdes e Via-Sacra em Itapará – Irati.


HISTÓRIA

No ano de 1949, quando o Pe. Benedito Melnik, OSBM atendendo as comunidades ucranianas vizinhas de Itapará, Gonçalves Júnior e Linha B, frequentemente visitava algumas famílias ucranianas que residiam na cidade de Irati. Surgiu então a ideia de organizar uma comunidade ucraniana nesta cidade. O Padre começou a visitar as famílias, a maioria proveniente da região de Mallet e Dorizon e percebeu-se que, apesar de poucas famílias, a vontade era grande de ter a sua igreja e seus sacerdotes. Corno já havia construído um Clube ucraniano, porque então não construir urna igreja? O Pe. Benedito, primeiramente, encontrou um lugar onde as pessoas aos poucos fossem se reunindo para as celebrações para que houvesse união na comunidade. Como ainda não havia terreno e sequer qualquer outra construção da igreja, o padre conversou com o Sr. Mariano Maistroviez pedindo que este cedesse a sua casa para as celebrações das missas. Com muita alegria o Sr. Mariano reservou uma sala da sua casa para que as missas lá fossem celebradas.
Não demorou muito e a Sra. Dorotéia Choma encontrou um terreno, sito à Rua Coronel Garcia, no centro da cidade onde poderia ser construída a nova igreja. Inicia- se a campanha para angariar fundos para a compra do terreno. Os principais colaboradores foram: Pedro Choma, Basilio Spak, Pe. Benedito Melnik e a Sra. Sofia Strujak ficou responsável para arrecadar o restante do dinheiro que faltava entre as famílias.
Neste mesmo ano, graças ao esforço das famílias ucranianas e de modo especial da família do Sr. Pedro Choma, iniciou-se a construção da igreja de alvenaria. Foi um ano em que a comunidade sob a orientação do Pe. Benedito Melnik se reunia para organizar promoções e festas com o objetivo de arrecadar fundos para a construção da igreja. O engenheiro responsável pela construção foi o Sr. JaroslauMaistrovicz.
Aos 24 de junho de 1950 a nova igreja foi inaugurada tendo como padroeiro o Imaculado Coração de Maria e foi decidido que a festa do padroeiro seria no dia 08 de dezembro. No período da construção e inauguração da igreja o presidente da comissão foi o Sr. Pedro Choma sendo sempre orientado pelo Pe. Benedito Melnik, OSBM.
Posteriormente, foi construída a casa de reuniões e quarto onde o padre pernoitava quando vinha de Prudentópolis para celebrar as missas, que aconteciam duas vezes por mês.
Em 1953 começou a atender esta comunidade o Pe. BoresKoczi, OSBM e neste ano foi escolhida a nova diretoria tendo como presidente de honra o Sr. Pedro Choma. Presidente da comissão Miguel Slivinski; vice o Sr. Matias Kulcheski; Tesoureiros Basilio Spak e Paulo Hekavei; secretários José Bilek e Valdomiro Sabat.
Desde o início da organização da comunidade ucraniana de Irati, houve uma preocupação especial com a educação religiosa, principalmente das crianças. Todos os anos no mês de janeiro eram ensinados o catecismo para as crianças. A primeira catequese foi com as Catequistas do Sagrado Coração de Jesus de Prudentópolis. Posteriormente catequizavam as Irmãs de São José de Mallet e Irmãs Servas de Maria Imaculada de Prudentópolis as quais até os dias de hoje realizam um belo trabalho pastoral nesta paróquia trabalhando com o Apostolado da Oração, jovens, Cruzada Eucarística e catequese para as crianças.
Em 1964, numa das reuniões da diretoria juntamente com o Pe. José Baraniuk colocou-se em pauta a necessidade de uma igreja maior, pois com o crescimento da cidade o número de famílias ucranianas vindas principalmente do interior do município aumentava e a atual igreja estava ficando pequena. O Sr. Pedro Choma ficou responsável de procurar um terreno. Conversando com o prefeito Dr. Ildelfonso Zanetti, conseguiu uma área localizada no centro da cidade medindo 2000 metros quadrados, de propriedade do próprio prefeito. Inicia-se a campanha para a aquisição do terreno. O terreno foi dividido em metros quadrados e estipulado um valor de 4000 cruzeiros o metro. De acordo com o poder aquisitivo de cada família, cada uma comprava (pagava) a quantidade de metros que podia. Este novo terreno estava localizado à Rua Barão do Rio Branco. Até o ano de 1970 atenderam esta comunidade os seguintes padres: Benedito Melnik, Pe. BoresKoczi, Pe. Irineu Vihorenskei, Pe. Rafael Lototskei, Pe. José Baraniuk, Monsenhor Clemente Preima e Pe. Vidal Klemtchuk.
No ano de 1970 começou a atender esta comunidade o Pe. ValdomíroBurko, OSBM e neste mesmo ano foram realizadas as primeiras missões nesta comunidade comandadas pelos Padres Nicolau Iwaniu e Basilio Zinko. No dia do término das missões, dia 29 de agosto de 1970, o Eparca D. José Martenetz, OSBM realizou na presença de vários padres, religiosas e fiéis a cerimônia da benção da pedra fundamental da nova igreja. Neste dia festivo estavam presentes fiéis das comunidades ucranianas vizinhas: Gonçalves Júnior, Linha B, Itapará, Governador Ribas, Cadeado, Prudentópolis e um ônibus de Curitiba. A missa foi cantada pelo coral da paróquia São Josafat de Prudentópolis sob a regência do Pe. Paulo Kraiczi, OSBM. Apresentados o projeto e a maquete da nova igreja, todos aprovaram e aos 22/04/1971 o Eparca D. José Martenetz assinou a planta. Inicia-se a construção da igreja sob a orientação do Pe. Nicolau Iwaniu, OSBM e a diretoria responsável era: Presidente: Pedro Choma; Vice-presidente: EstefanoParamustchak; Tesoureiros: Basilio Spak e Pedro Choma Júnior; Secretários: VartolomeiHekavei e Nestor Romaniuk. Conselho fiscal: Miguel Romaniuk, Ambrósio Bulka, Paulo Stefanovicz, Miguel Slivinski, Paulo Hekavei, Valdomiro Strujak e Miguel Sabat. Presidente Administrativo: EstefanoParamustchak; Vice: Miguel Romaniuk; Supervisor Geral: Pe. Valdomiro Burko.
Em dezembro de 1973 é eleita a nova diretoria da igreja, tendo como Presidente de honra o Sr. Pedro Choma; Presidente: EstefanoParamustchak, Vice: Miguel Romaniuk; Secretários: Pedro Choma Junior e Basilio Spak. Nesta mesma data assume também o Pe. Emilio Dacechen como vigário desta comunidade.
Aos 14 de outubro de 1979 acontece a inauguração da nova igreja Imaculado Coração de Maria com a presença do Eparca D. Efraim Basílio Krevey, OSBM, padres, religiosas e muitos fiéis da nossa cidade e do interior.
Após a inauguração houve a escolha de uma nova diretoria, a qual iria concluir ainda algumas obras que restavam para a conclusão da construção da igreja. Presidente de honra: Pedro Choma; Presidente da comissão: Pedro Choma Jr; Vice Presidente: Ambrósio Bulka; Secretários: Valdomiro Stefanovicz e Gregório Basan; Tesoureiros: Clemente Dupchak e Paulo Stefanovicz. Representante em Prudentópolis: Pe. Emilio Dacechen e representante em Curitiba Dr. Ambrósio Choma.
No ano de 1980, foram começados os livros onde são inscritos os batizados e casamentos da comunidade.
Escolha da nova diretoria em 1982: Presidente: EstefanoStrujak: Vice: Paulo Stefanovicz: Secretários: Pedro Choma Jr e Ir.Basilina.
No ano de 1988 teve inicio a construção da casa paroquial e salas de catequese. O projeto foi elaborado pelo Pe. VitoSlobojian, OSBM. Com a construção da casa paroquial, era necessário organizar os livros da futura paróquia e definir as comunidades pertencentes a ela. O presidente da comissão na época da construção da casa paroquial foi o Sr. Ambrósio Bulka e o vice Sr. Mariano Saldan.
No ano de 1991, com a presença do Eparca D. Efraim Basílio Krevey, foi inaugurada a nova Paróquia Imaculado Coração de Maria, tendo as seguintes comunidades pertencentes a ela: Gonçalves Junior, Linha “B”, Cerro da Ponte Alta, Pinhal Preto, Itapará, Água Mineral, Inácio Martins, Escola de Água Clara, Governador Ribas e Rebouças. Inicialmente atendia estas comunidades o primeiro pároco Pe. VitoSlobojian, OSBM que já no tempo da construção da casa paroquial residia em Irati.
No ano de 1992 a casa paroquial de Irati também é a sede da Província São José dos Padres Basilianos. Residem aqui o Provincial Pe. Januário Prestavski, OSBM e o Pe. Pároco, secretário e ecônomo da Província São José, Pe. VitoSlobojian, OSBM. Neste ano assume como pároco desta paróquia o Pe. Luiz Slobojian, OSBM.
Em 1994, assume o comando desta paróquia como pároco o Pe. Geraldo Daciuk, OSBM.
Em 1996 o pároco é o Pe. Melécio Krauczuk.OSBM.
Do ano de 1997 até 2005, foi pároco o Pe. Eufrem Krefer, OSBM, tendo como coadjutor o Pe. Eleutério Demetriv, OSBM. A diretoria da paróquia era formada das seguintes pessoas: Presidente: Valdir Sahaiko, Vice: Silvestre Tchmola; Secretários Dr.Wladimir Stepanovicz e Clemente Dupchak, Tesoureiro: Pedro Choma Neto. Essa diretoria fez reformas como: construção de uma nova cerca em frente da igreja, calçada nova ao redor da igreja, construção da nova cozinha e pavilhão paroquial.